Rubro-Negro adiou jogo contra o Vasco

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, disse estar chocado com a notícia da suspensão do brasileiro. Na zona mista após a vitória sobre o Bolívar, o dirigente mandou um recado forte à CBF e pediu ao sujeito que não prejudicasse o Rubro-Negro na competição.




Foto de : Lance!

– Estava aguardando essa reunião do dia 27 para ter um posicionamento em relação ao calendário. Isso foi feito de forma diferente e o clube foi informado. Eu estava no ônibus que ia para o estádio com os jogadores. Não houve muito tempo para conversar. Vamos analisar para ver o impacto disso, mas o mais importante a dizer é que esperamos que a CBF não inclua mais jogos do Flamengo nos dados da FIFA. De nove jogos para 12, 13, 14 jogos, em que não se pode contar com três ou quatro jogadores… Na minha opinião já falta igualdade nesse trabalho. Espero que não seja pior.

Marcos Braz usou o clássico contra o Vasco, que será disputado no sábado (18), como exemplo em seus argumentos. O dirigente não quer que o duelo seja transferido para uma data Fifa, onde não poderá contar com integrantes importantes do elenco.

– No sábado jogamos contra o Vasco e tínhamos todos os jogadores preparados. O que não podemos é jogar, remarcar esse jogo para uma data FIFA em que não teremos alguns jogadores. O que esperamos da CBF em relação ao Flamengo é que a falta de igualdade, que acho que existe no Campeonato Brasileiro, não tenha aumentado.

Com o Brasil suspenso, o Flamengo volta a enfrentar o Amazonas na próxima quarta-feira (22), pelo jogo de volta da 3ª rodada da Copa do Brasil. O Rubro-Negro venceu o primeiro jogo com o placar de 1 a 0.

Fonte