Com apoio político do G-37, um grupo apelou na quarta-feira às pessoas em idade de votar no estado de Edo para que aproveitassem a oportunidade dada pela Comissão Eleitoral Nacional Independente (INEC) para transferir e registar o seu Cartão de Eleitor Permanente (PVC).

O coordenador nacional e fundador do grupo, camarada Evans City, apelou à comissão eleitoral para retomar o exercício de recenseamento eleitoral para que as pessoas em idade de votar possam ser acomodadas nas próximas eleições sazonais.

Uma cidade no Benin, no estado de Edo, expressou a sua felicidade pela disponibilidade dos apoiantes do Congresso de Todos os Progressistas (APC) em expulsar o Partido Democrático Popular (PDP), no poder, do poder no estado de Edo.

O Coordenador Nacional, ao reagir ao anúncio do INEC do início do recenseamento eleitoral permanente, apelou ao povo para sair em massa para obter os seus cartões de eleitor para eliminar a má governação no estado.

Ele disse que o seu grupo no estado já está a fazer campanha de porta em porta para mobilizar pessoas em idade de votar para obterem os seus cartões de eleitor para exercerem o seu direito de voto durante as eleições.

“Estamos sinceramente gratos ao INEC por ouvir o nosso clamor e, na verdade, sem perder tempo anunciando a data para o início do recenseamento eleitoral contínuo. Estamos muito cientes da decisão da comissão sob a liderança do Mestre Mahmudi Yakubu de garantir que o a eleição será tranquila e bem-sucedida.

“Deixe-me dizer aqui que aqueles que tiveram a ideia de sabotar o processo estão resistindo àqueles que são dignos de atenção e estão dispostos a assumir os seus PVCs por medo da derrota”, disse ele.







Fonte