O Dia Mundial da Hipertensão, comemorado anualmente em 17 de maio, é uma iniciativa global para aumentar a conscientização sobre a hipertensão (pressão alta) e promover medidas de prevenção e controle da doença. O dia foi criado pela Liga Mundial de Hipertensão (WHL) em 2005 para educar o público sobre os perigos da hipertensão, que é um importante fator de risco para doenças cardiovasculares, acidente vascular cerebral e insuficiência renal. Enfatiza a importância da monitorização regular da pressão arterial, escolhas de estilo de vida saudáveis ​​e adesão aos regimes de tratamento para reduzir a carga global da hipertensão. Dia Mundial da Hipertensão: Ministério da Saúde anuncia iniciativa ’75/25′ para pessoas com hipertensão e diabetes.

Yoga para hipertensão é cada vez mais reconhecido como uma abordagem adjuvante eficaz para o controle da pressão alta. Entrada asanas (fundações físicas), pranayama (exercícios respiratórios) e meditação, o yoga ajuda a reduzir o estresse, melhorar a saúde cardiovascular e aumentar o bem-estar geral. A ioga regular pode reduzir a pressão arterial, promovendo relaxamento, reduzindo a resposta do corpo ao estresse e melhorando a circulação. Dia Mundial da Hipertensão: Como é medida a pressão arterial? Compreenda os diferentes estágios da hipertensão.

Estudos demonstraram que indivíduos que praticam ioga regularmente experimentam reduções significativas na pressão arterial sistólica e diastólica, tornando-a uma ferramenta valiosa no tratamento abrangente da hipertensão. Ao comemorar o Dia Mundial da Hipertensão de 2024, nós da DURAR Aqui está uma coleção de cinco posturas de ioga que podem ser úteis no controle da hipertensão e na redução da pressão arterial. 5 fatos sobre pressão alta que você deve saber.

1. Suhasana (postura fácil) com as duas mãos para frente

Suhasana promove relaxamento e reduz o estresse, o que pode reduzir a pressão arterial. Sente-se no chão com as pernas esquerdas e mantenha as costas retas. Respire fundo e, enquanto expira, incline-se lentamente para a frente e estique os braços para a frente. Coloque a testa no chão ou em um bloco. Mantenha a postura por um ou dois minutos, respirando profundamente.

Suhasana (Fotos: Pixahive)

2. Paschimottanasana (agachamento para frente)

Este asana acalma a mente, alonga a coluna e as vértebras e reduz o estresse. Sente-se no chão e estique as pernas à sua frente. Inspire e alongue a coluna. Inspire e incline-se para a frente, tocando os pés ou tornozelos. Mantenha as costas retas e mantenha a postura por um ou dois minutos, respirando profundamente.

Paschimottanasana (Fotos: Pixahive)

3. Setu Bandhasana (postura da ponte)

Setu Bandhasana abre o peito e melhora a circulação sanguínea, o que pode reduzir a pressão arterial. Deite-se de costas, dobre os joelhos e coloque os pés apoiados no chão, afastados na largura dos quadris. Inspire e levante as pernas em direção ao teto, mantendo os pés e os ombros no chão. Para suporte extra, se for confortável, cruze os braços sob as costas. Mantenha a postura por 30 segundos a 1 minuto, respirando profundamente.

Sethu Bandhasana (Fotos: Pixahive)

4. Balasana (pose de criança)

A postura da criança promove relaxamento e alivia a tensão nas costas e no pescoço, o que pode ajudar a reduzir a pressão arterial. Ajoelhe-se no chão e sente-se sobre os calcanhares. Separe ligeiramente os joelhos e coloque a testa no chão. Estenda os braços à sua frente ou ao lado do corpo. Mantenha a postura por 1-2 minutos e respire profundamente.

Sethu Bandhasana (Fotos: Pexels)

5. Viparita Karani (postura das pernas na parede)

Melhora a circulação sanguínea, reduz o estresse e promove relaxamento, o que pode reduzir a pressão arterial. Sente-se perto da parede e deite-se de costas. Levante as pernas na parede para que seu corpo fique em forma de L. Coloque as mãos ao lado do corpo, com as palmas para cima. Mantenha a postura por cinco a dez minutos, respirando profundamente e relaxando o corpo.

Viparita Karani (Fotos: Pexels)

Quando praticadas regularmente e combinadas com respiração profunda e consciente, essas posturas podem ajudar a controlar a hipertensão e melhorar a saúde cardiovascular. Como acontece com qualquer regime de exercícios, é importante consultar um médico antes de iniciar a ioga, especialmente se você tiver algum problema de saúde.

(A história acima apareceu pela primeira vez em LatestLY em 17 de maio de 2024 às 12h43 IST. Para mais notícias e atualizações sobre política, mundo, esportes, entretenimento e estilo de vida, visite nosso site Latestly.com).



Fonte