O Botafogo não teve muitas chances contra o Universitário, mas em sua única chance no jogo, Geoffinho colocou o Botafogo nas oitavas de final.

16 de maio
2024
– às 21h18

(atualizado às 22h)




Geffin comemora gol da vitória do Botafogo.

Foto: Vitor Silva/Botafogo/Esporte News Mundo

No jogo, válido pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, o Botafogo venceu o Universitario por 1 a 0, com gol de Geoffino, que garantiu ao Glorioso a vaga nas oitavas de final da Libertadores.

Na primeira parte o jogo foi muito estudado e a luta sem equipe conseguiu acertar o gol. O Universitário teve mais posse de bola, percorreu o campo e chutou mais. O Botafogo, por sua vez, tentou sair rápido pelas laterais e aproveitou bons contra-ataques com Junior Santos e Luis Henrique.

No segundo tempo, assim como no primeiro, o Universitário foi melhor, teve mais posse de bola, mas não conseguiu criar oportunidades claras de gol. O Botafogo, por outro lado, foi corajoso e soube jogar, diminuindo gradativamente e avançando até os 30 minutos, quando Savarino fez uma jogada rápida para colocar Geffinho, que saiu na frente atrás da defesa e venceu Britos para marcar o gol da vitória. gol. venceu o grande Botafogo. Depois disso, o Los Cremas começou a atacar, mas não conseguiu marcar. E aos 50, no segundo tempo, Cristian Garay encerrou o jogo, o que garantiu a classificação do Botafogo às oitavas de final da Libertadores.

1° TEMPO

O primeiro tempo começou estudando um ao outro, como o Universitário precisava de resultado, foram para a área de ataque. Aos 11, após a cobrança, Valera lançou sobre Bastos e Danilo Barbosa bloqueou o chute. Já o Botafogo não avançou muito no início do jogo, neste período o time tentou explorar o lado direito do ataque com Luis Henrique, aos 20 anos o Alvinegro deu sua primeira chance. Marlon Freitas chutou de longe e a bola ficou perto do gol defensivo de Sebastian Britos.

Aos 27 anos, houve um lance polêmico neste jogo. Depois de um bom jogo pela lateral esquerda do Botafogo. Junior Santos cruzou, Di Benedetto cortou, a bola bateu em Luis Henrique e voltou para o zagueiro argentino. Porém, o árbitro Christian Garay ordenou que o jogo continuasse. Depois de seis minutos, Lau estava assustado. Riveros acertou Portocarre nas costas de Damián Suárez. O zagueiro equatoriano endireitou o corpo e chutou para fora.

Los Cremas manteve-se na liderança, com Riveros avançando após escanteio aos 40 minutos para cabecear para escanteio. No primeiro tempo, o árbitro chileno Cristian Garay deu dois minutos de prorrogação e nada aconteceu nos acréscimos.

2° TEMPO

Como na primeira fase foi o Universitário quem começou melhor, os peruanos subiram. Aos 10 anos, John teve que fazer sua primeira defesa no jogo. Após cobrança de escanteio, Di Benedetto subiu alto e testou o goleiro alvinegro para defender. O Botafogo, por sua vez, tentou jogos aéreos e jogos pelas laterais do campo. Aos 5 minutos, Luis Henrique cabeceou para o gol adversário. O camisa 7 perdeu outra chance alguns minutos depois. Junior Santos preparou Luis Henrique, que entrou e marcou para Britos.

Foi muito apertado depois do jogo. Apesar de não ter criado muitas oportunidades, o Botafogo foi equilibrando o jogo aos poucos, até que o Alvinego, de 31 anos, abriu o placar. Após falha na defesa do Universitario, Savarino ganhou a bola e passou primeiro para os Geffins, que avançaram, atacaram o campo e venceram Britos no primeiro chute de Alvinegh no jogo para o gol decisivo. 1 a 0 Botafogo.

Los Cremas levou perigo após o gol. Após cobrança de escanteio de Gonzalez no segundo tempo, Marlon Freitas bloqueou. . Aos 44, Dorregaray cabeceou e a defesa do Botafogo parou.

Aos 50, o Chile apitou com a grande vitória do Botafogo. Com isso, o Alvinegro avança às oitavas de final da Libertadores e agora só volta a campo pela competição continental quando visita o Junior Barranquilla, no Estádio Roberto Meléndez, na Caribe Colômbia.

Fonte