Quinta-feira, 16 de maio de 2024 – 19h18 WIB

Jacarta, 16 de maio de 2024 – Ao dirigir, certifique-se de que o carro esteja em boas condições e sem problemas, para que a viagem seja segura e confortável. No entanto, você já sentiu seu carro sacudir ou tremer desconfortavelmente?

Leia também:

Os carros Mercedes-Benz estão prontos para mudar seu logotipo, por quê?

Normalmente pensamos que esse problema ocorre apenas em alta velocidade. No entanto, na realidade, o giro do carro também pode acontecer em baixas velocidades. Isso indica um problema potencial com seu veículo que precisa ser resolvido imediatamente.

Não tome isso como garantido! Um carro que patina pode ser um indicador precoce de danos em componentes críticos que garantem a estabilidade de direção. Ignorar esse problema e forçar o carro a se mover aumenta o risco de acidente.

Leia também:

Viral Fortuner bloqueia o caminho de uma ambulância que transportava um paciente e também deve imposto automóvel

Razões para o movimento do carro

1. Condição dos pneus
O estado dos pneus desempenha um papel importante na manutenção da estabilidade do veículo. A pressão inadequada dos pneus pode fazer com que o veículo perca o controle e fique difícil de dirigir, causando uma sensação de giro. Pense nos pneus como se fossem seus sapatos. A pressão desequilibrada fará com que seu pé pareça irregular e poderá tombá-lo.

Leia também:

O Suzuki Jimny 5 Door Special Edition será produzido apenas em 500 unidades, apenas IDR 388 milhões

Além disso, pneus desgastados ou danificados, como solavancos ou rachaduras nas laterais, podem afetar o manuseio geral e o equilíbrio do veículo. À medida que a banda de rodagem se desgasta, a capacidade do pneu de manter a estrada é reduzida e fica mais fácil perder o controle do veículo.

2. Suspensão
O site oficial da Suzuki afirma que o sistema de suspensão do carro funciona para reduzir choques e manter o equilíbrio durante a condução. Em caso de suspensão, a capacidade de receber choques e manter o equilíbrio do carro será prejudicada.

Alguns exemplos de problemas de suspensão que podem fazer com que um carro patine são amortecedores danificados, componentes de suspensão desgastados, como buchas e juntas esféricas, ou desalinhamento das rodas devido a erros de impacto ou equilíbrio.

Essa condição pode fazer com que o carro pareça instável e desconfortável de dirigir. Como um amortecedor em nosso corpo, uma suspensão problemática torna difícil para o carro absorver os solavancos da estrada, fazendo com que passageiros e motoristas se sintam instáveis.

A solução das máquinas deslizantes

1. Manutenção dos pneus
Verifique a pressão dos pneus regularmente, pelo menos uma vez por mês ou antes de fazer uma viagem longa. Ajuste a pressão de acordo com as recomendações do fabricante, geralmente encontradas no adesivo do pilar da porta do motorista ou no manual do proprietário do carro.

A pressão ideal garante a aderência ideal dos pneus à estrada, tornando o carro mais estável e mais fácil de controlar.
Além disso, verifique regularmente o estado dos pneus em busca de sinais de desgaste ou danos na banda de rodagem, como batidas ou rachaduras nas paredes laterais.

2. Manutenção da suspensão
Não negligencie a importância da manutenção da suspensão. Agende uma inspeção regular da suspensão em uma oficina de confiança, pelo menos a cada 6 meses ou 10.000 km.

A oficina verifica o estado do amortecedor, demais peças da suspensão, como buchas e conjuntos de juntas, e faz o alinhamento das rodas. Resolva os problemas identificados imediatamente para manter o desempenho ideal da suspensão.

Uma suspensão saudável é capaz de absorver bem os solavancos da estrada e manter o equilíbrio do veículo para que você e seus passageiros se sintam confortáveis ​​e seguros ao dirigir.

Próxima página

Alguns exemplos de problemas de suspensão que podem fazer com que um carro patine são amortecedores danificados, componentes de suspensão desgastados, como buchas e juntas esféricas, ou desalinhamento das rodas devido a erros de impacto ou equilíbrio.



Fonte