A polícia do estado de Edo resgatou dois de um número desconhecido de trabalhadores de Dangote que teriam sido sequestrados em Okpella.

Porta-voz do comando da polícia estadual S.P. Chidi Nwabuzor num comunicado nomeou os sobreviventes como Omoba e Victor Okon.

Nwabuzor disse que as vítimas sobreviventes sofreram ferimentos de bala, acrescentando que foram levadas ao hospital para receber cuidados médicos.

O porta-voz explicou que o Comissário da Polícia estadual, Funsho Adegboye, visitou a Fábrica de Cimento Dangote e os feridos no hospital.

A declaração acrescentou: “O KP ordenou ao Policial Divisional em Okpella e Vigilantes que intensificasse o exercício de pentear o mato.

“Além disso, devem garantir o rápido resgate das vítimas restantes e a prisão dos sequestradores”.

As vítimas sobreviventes estavam entre um número desconhecido de trabalhadores da Dangote Cement Company que foram sequestrados por homens armados na segunda-feira.

Os trabalhadores estariam em um ônibus Koster voltando para a comunidade de Okpella após terminar o trabalho quando os bandidos atacaram.

Plano se reuniram quando os homens armados que haviam armado uma emboscada saíram do mato e forçaram o ônibus a levar suas vítimas.







Fonte