Um homem de 27 anos, Wahab Saburi, foi preso pelo Comando do Estado de Osun do Corpo de Segurança e Defesa Civil da Nigéria (NSCDC) por roubar uma motocicleta em Oke Ala, na cidade de Ede.

O suspeito, natural de Ede, é especialista em sequestro e desvio de chaves mestras de proprietários de motocicletas.

O Comandante do NSCDC do Estado de Osun, Michael Adaraleva, confirmou a prisão aos jornalistas em Osogbo na quarta-feira, 15 de maio de 2024.

Ele disse que o suspeito foi preso em 11 de maio de 2024 na área de Oke-Ola, em Ede, por agentes do NSCDC agindo com base na inteligência.

Adaraleva disse que as investigações revelaram que quando ele roubou a motocicleta, ele a guardava em seu quarto na Rua Obada, Agate, Ede.

Durante o interrogatório, o suspeito disse que começou a roubar motos há cerca de três anos e que no dia da sua detenção roubou uma moto estacionada em frente a uma residência em Oke-Ola, Ede.

Ele disse que usou uma chave especial para abrir a motocicleta.

Uma investigação discreta revelou que ele havia roubado quatro motocicletas em seu quarto, que supostamente roubou nas áreas de Agip, Ayo-Omoba, Obada e Ede.

Segundo o suspeito, ele vende os itens roubados aos seus compradores por apenas quarenta mil Naira (N40.000).

“O suspeito posteriormente confessou que tem alguém no mercado popular em Ede, estado de Osun, que prepara os documentos do contrato de venda para ele e depois os entrega a quem compra dele as motocicletas roubadas.” disse o comandante.

No entanto, o comandante garantiu ao público que todos os cúmplices do crime enfrentarão toda a ira da lei. O corpo expulsou os criminosos do país.

Segundo ele, após a investigação, o suspeito será encaminhado à Justiça em breve.

Segundo ele, após investigação, o suspeito será encaminhado à Justiça em breve

“Uma investigação razoável revelou que ele havia roubado quatro (4) motocicletas em seu quarto, que supostamente roubou nas áreas de Agip, Ayo-Omoba, Obada e Ede.

Segundo o suspeito, ele vende os itens roubados aos seus compradores por apenas quarenta mil Naira (N40.000).

“O suspeito confessou ainda que tem alguém no mercado popular de Ede, no estado de Osun, que prepara para ele os documentos do contrato de venda e depois os entrega a quem lhe compra as motos roubadas”, disse o comandante.

No entanto, o comandante garantiu aos representantes do público que todos os cúmplices do crime enfrentarão toda a ira da lei.

O corpo expulsou os criminosos do país.

Segundo ele, após a investigação, o suspeito será encaminhado à Justiça em breve.

bicicleta

Fonte