A prova começa no dia 30 de junho na Marina da Glória. A paulista Juliana Cipriano venceu em 2023

A 45 dias do L’Étape Riode 2024, os ciclistas intensificam os preparativos para uma das maiores provas de estrada do Brasil. A largada está marcada para domingo, dia 30 de junho, às 6h, na Marina da Glória, um dos principais pontos turísticos da maravilhosa cidade do Rio de Janeiro.




Os competidores terão que escolher entre um percurso curto e um longo, tanto da praia do Rio quanto de outros pontos turísticos da cidade, chegando à própria Marina da Glória. Para se inscrever basta acessar o site oficial da competição. As inscrições permanecem abertas.

Esta é a quarta edição do L’Étape in Rio em 2023 e a 12ª em 2021 no percurso longo, Giuliana Cipriano conhece a prova como poucos, mesmo sendo paulista. O atleta lembra que bons resultados dependem de uma boa alimentação e da quantidade certa de exercícios, sem exageros, mas também sem muito descanso.

“O principal conselho é que as pessoas vivenciem o esporte como algo saudável para elas. Independentemente do seu nível de desempenho, somos entusiastas e devemos nos desafiar com alegria e equilíbrio para não perder nosso propósito. carreira focada no ciclismo”, disse Juliana Cipriano.

“Além disso, também ajuda a abraçar o ciclismo mais como um estilo de vida do que como um compromisso diário. Tenha sempre um equilíbrio e não viva apenas para isso, porque como qualquer coisa, se não for um estilo de vida cansa”, comentou.

A temporada 2024 começou em Cunha (SP) e o torneio foi realizado em abril. Este ano o L’Étape Brasil também terá corrida em Campos do Jordaan (SP) marcada para 29 de setembro. Juliana revela que tenta se preparar para todas as provas ao mesmo tempo, por meio de uma rotina de estudos individuais e em grupo.

“A preparação começou participando de outras provas, como L’Étape Cunha, onde terminei em quarto lugar geral, mas ganhei os prêmios Rainha da Montanha e sprint. Treino junto com o grupo Escalera, que separa os ciclistas em pelotões. níveis adequados estarei na 1ª equipe comandada pelo meu técnico Michel Amador, não treinarei em julho. Essa prova servirá como treinamento em ambiente competitivo, a avaliação do meu trabalho será muito boa”, afirmou.

Desistir do estudo

Por fim, Juliana comentou sobre a importância da alimentação, da escolha da bicicleta certa para a corrida e da logística:

“Sempre tenho uma alimentação balanceada. Não tenho apoio específico, mas li muito sobre esse assunto e até fiz diversas consultas. Eu mesmo me mantenho saudável. Além disso, procuro competir com uma bicicleta completa. Não perde sua qualidade na hora de escalar ou chego alguns dias antes e claro pratico lá, mas claro sem percorrer todo o percurso para me proteger um pouco.

Fonte