Jogar diante de uma multidão lotada e barulhenta não era novidade para Kaitlyn Clarke, que perdeu a derrota de terça-feira na WNBA por 92-71 para o Connecticut Sun na Mohegan Sun Arena.

Mas a competição foi uma história diferente.

Clark voltou ao jogo no quarto período e sua febre de Indiana seguiu com uma pontuação de dois dígitos. Se os três primeiros períodos não tivessem sido suficientes, um novo desafio aguardava Clark: Alyssa Thomas, cinco vezes selecionada pelo WNBA All-American, queria levá-la para o perímetro.

OUTRO

O que aprendemos com a estreia de Kaitlyn Clark na WNBA: 3 passes

Fonte