O sucesso marcou o apoio que o grupo recebeu de Carlos Amodeo

Treinador interino do Coritiba, James Freitasdestacou o ambiente em que a comissão técnica e os atletas devem trabalhar durante a preparação para a partida contra o Guarani, nesta terça-feira (14). O Coxa venceu o Couto Pereira por 1 a 0, quebrando a seqüência de duas derrotas consecutivas e “desligando” a crise. Para o comandante, todo o grupo contou com o apoio do CEO Carlos Amodeo e isso se refletiu em campo.

“Tivemos semanas difíceis, mas quero elogiar o trabalho do presidente em nos apoiar. Temos um grupo jovem, uma comissão técnica de casa, e o presidente apoiou a todos nós e facilitou o ambiente sem ser muito estressante. Esse sacrifício que fizemos em campo é mais do que o sacrifício que o presidente fez em relação às acusações, ao ambiente estabelecido”.

Antes e durante o baile, torcedores do Alvivere protestaram contra Amodeo, gritando palavras de ordem como “Você não precisa do Coritiba”. Porém, o clube bloqueou a entrada de torcedores com faixas contra o dirigente, o que gerou caos após a chegada de Couto Pereira.. Uma tela branca ainda conseguiu entrar e exibir uma mensagem dizendo “Amodeo fora”, mas os guardas pediram que ele retirasse a exibição. Nas redes sociais, torcedores reclamaram que estavam sendo bloqueados.

Vista do Coritiba

Sobre o desempenho, Freitas afirmou que o Coritiba se sentiu cansado fisicamente devido ao curto tempo de preparação entre os jogos. O Alviverde entrou em campo contra o Avaí na noite de sábado e voltou a Curitiba na manhã de domingo. “O jogo do Avaí nos afetou muito, tivemos muito cuidado na recuperação dos jogadores. Jogamos 20 minutos com bom ritmo e boa transição. Naturalmente, perdemos um pouco da nossa intensidade, principalmente devido ao desgaste.. O Guarani conseguiu trocar conosco a partir dos 30 minutos, embora não tenha criado nenhuma chance de gol.

Porém, o interino entende que a situação servirá de experiência para os jovens do Coritiba. “Voltamos bem no segundo tempo, mas eu já sabia que nosso time precisava de uma pausa, foi aí que comecei a fazer mudanças. Ressalto mais uma vez que temos atletas jovens que estão se acostumando com as competições, e para nós é importante o amadurecimento físico, técnico e mental desses jogos.. Este jogo foi difícil para nós”, concluiu.

A próxima partida do Coritiba contra o Novorizontino é na sexta-feira (17), às 21h30, em Novo Horizonte, pela sexta rodada da Série B. O jogo é coberto na íntegra na Banda B, narrado por Anderson Louis, comentários de Christian Toledo e reportagens de Vinicius Bittencourt. A transmissão começa às 20h com Bola na Mesa. Acompanhe o jogo aqui 550 horaspara FM 79,3em nossa aplicação, nas redes sociais e através do nosso canal no YouTube.




O interino viu que o Alviverde estava desgastado fisicamente.

Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Banda B

Fonte