A etapa Centro-Oeste dominou a primeira fase e tem quatro representantes entre os centros Norte nas semifinais do campeonato regional de futebol para cegos. Na quinta-feira (16), aconteceu a última rodada da fase de grupos e avançaram os times do Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Os vencedores finais serão anunciados na sexta-feira (17).




Central norte

Foto: Maxwell chuta com a perna esquerda e dobra quase 90 graus enquanto equilibra o corpo na perna direita, com os braços levantados para cada lado; O goleiro de Ismak espera à sua frente e outros atletas de sua equipe aparecem à direita. Renan Casioli/CBDV. / Olimpíadas Diárias

+ SIGA O NÃO OTD TwitterÉ FACEBOOK

O primeiro confronto será entre AMC-MT (Associação Mato-Grossense de Cegos) e Acelgo-GO (Associação de Cegos para Esporte e Lazer de Goiás) às 9h30. Em seguida, a partir das 10h45, Uniace-DF (União dos Atletas Cegos do Distrito Federal) e Ismac-MS (Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos Florivaldo Vargas) entrarão em quadra para definir o segundo finalista. A cerimônia de premiação acontecerá no sábado (18).

Dos quatro times classificados, apenas o Ismak brigava pela vaga que a região Centro e Norte oferece na Série B do Campeonato Brasileiro de Futebol para Cegos. O torneio atribuirá uma vaga em uma das duas divisões nacionais ao melhor colocado não classificado anteriormente. AMC e Uniace estão garantidos na primeira divisão, enquanto Achelgo na segunda.

Jogos de quinta-feira

O AMC confirmou a primeira colocação do grupo A em duelo direto contra Ismak, que terminou em segundo lugar: 2 a 1. Dois gols da vitória saíram dos pés de Maxwell. Na outra partida deste grupo, o CFCP-PA (Clube de Futebol para Cegos do Pará) venceu o Udevima-AM (União dos Deficientes Visuais de Manaus) pelo placar de 2 a 0. Leonardo também marcou dois gols.

Três equipes participaram do grupo “B”. E não houve emoção após a vitória do Achelgo por 2 a 0 sobre a ADVP-PA (Associação de Deficientes Parahuapebas) com dois gols de Marcos Rogério. Dessa forma, obrigou a atual campeã Adef (Associação Desportiva de Futsal do Distrito Federal) a pelo menos anular o clássico com o Uniace. Porém, o gol de Leandro Moreno não só garantiu a liderança do grupo pelo “Unias”, como também eliminou o adversário. A razão é que o Achelgo deslocou o número de golos a seu favor.

*Com informações da Confederação Brasileira de Desportos para Deficientes (CBDV)



Fonte