A FIFA disse na quarta-feira que a primeira Copa do Mundo Feminina de Clubes foi proposta para janeiro-fevereiro de 2026, com a competição de 16 seleções ocorrendo a cada quatro anos.

Em maio de 2021, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, revelou seu plano de introduzir a Copa do Mundo Feminina de Clubes como parte de um projeto para “revolucionar” o futebol feminino.

A FIFA, cuja presidência estava reunida antes do 74º Congresso da FIFA em Bangkok, não forneceu mais detalhes até o momento.

O Campeonato do Mundo Feminino de Clubes dará potencialmente às principais equipas europeias da UEFA Champions League a oportunidade de defrontar clubes da Liga Nacional Feminina dos EUA, bem como equipas de países onde o futebol feminino é menos desenvolvido.

A FIFA também aprovou um novo calendário que visa proporcionar mais oportunidades de descanso e recuperação para jogadores e treinadores.

“O calendário internacional feminino e as subsequentes alterações aos nossos regulamentos são um passo importante no nosso compromisso de levar o futebol feminino ao próximo nível e aumentar a competitividade em todo o mundo”, disse Infantino.

Além disso, o Conselho da FIFA nomeou oficialmente Matthias Grafström como Secretário-Geral da FIFA, tendo sido nomeado interinamente em Outubro passado.

“O futebol é a minha paixão desde que nasci. Comecei a jogar desde criança e trabalhei com futebol em todos os níveis durante toda a minha vida. com a sensação de que aceito a responsabilidade como o maior desafio da minha vida profissional”, disse Grafstrom.

Fonte