O ex-porta-voz do Conselho de Campanha Presidencial, Atiku-Okowa, Daniel Bwala, criticou o Ministro do Território da Capital Federal, Nyesom Wike.

Falando na quarta-feira, Bwala acusou o Ministro do Território da Capital Federal, Nyesom Wike, de submeter o Governador do Estado de Rivers, Sim Fubara, a severo assédio.

Bwala disse que Fubara nunca foi o agressor quando confrontou Wike, sublinhando que o governador foi forçado a defender-se.

Postando no X, Bwala escreveu: “Vaca. Fubara @SimFubaraKSC nunca foi agressivo; ela tem sido fortemente assediada pelo ministro @GovWike, que vai a Portharcourt todo fim de semana para assediá-la; até que Sim Fubara decidiu reagir na prática de legítima defesa. Apenas para esclarecer as coisas.”

Fubara e Wike estavam em desacordo sobre o controle político do estado de Rivers.

O conflito entre os dois afetou os órgãos legislativos do estado e levou à fuga de membros da assembleia estadual e ao surgimento de oradores faccionais.

Apesar da intervenção do presidente, Fubara afirmou recentemente que o estado estava sobrecarregado com a dívida remanescente de Wike.

Para tanto, o governador prometeu investigar a administração de Wike.

Fonte