Novo visual! O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a ASICS revelaram os primeiros uniformes para os Jogos Paralímpicos Paris 2024. Onze atletas paraolímpicos participaram do desfile, incluindo campeões dos Jogos de Tóquio 2020, como a levantadora de peso Mariana D’Andrea e o atleta de taekwondo Nathan Torquato.




Uniforme CPB1

Foto: Vinicius Rodriguez veste camisa amarela, Edward Diaz veste camisa azul Ana Patrícia/CPB/Olímpia Todos os dias

O kit foi desenvolvido em colaboração com atletas paralímpicos desde a fase inicial de design até os testes. A coleção inclui jaqueta de passarela, rodapé, camiseta, camisa pólo, regata, shorts, calças, leggings, tênis, mochila, meias, punhos e boné. Além disso, pela primeira vez, os torcedores do Movimento Paralímpico poderão adquirir peças similares utilizadas pelos atletas. Informações sobre vendas serão postadas em breve.

Acesso

Todas as peças possuem detalhes de acessórios como: mochilas com alças na alça; calça com zíper na lateral da parte inferior próxima ao tornozelo para facilitar atletas com próteses. Além disso, as etiquetas internas são em Braille, destacando as cores correspondentes e auxiliando na seleção das roupas. A presença da ASICS ficará evidente em todos os uniformes das equipes, bem como nos uniformes especiais de atletismo e vôlei sentado.

“Iniciamos esse projeto de uniformes acessíveis para pessoas com deficiência já em 2019 apenas para consumo interno e uso dos atletas durante as competições. A chegada da ASICS em 2023 agregou valor à nossa missão de inclusão das pessoas com deficiência na sociedade por meio do esporte”.

Outro fato indiscutível é que os resultados alcançados pelos nossos atletas nas quadras de todo o mundo têm chamado a atenção do mercado. Isto levará a mudanças significativas em vários setores em benefício das pessoas com deficiência. Agora comercializaremos o produto e as pessoas com deficiência terão a oportunidade de vestir as roupas dos maiores atletas paralímpicos do mundo: os brasileiros.” Mizael Conrado, bicampeão paraolímpico de futebol para cegos (Atenas 2004 e Pequim 2008) e presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Além de Mariana e Nathan, outros nove atletas desfilaram na noite desta segunda-feira. São eles: Vinicius Rodríguez (atletismo), Leonardo Mello (atletismo), Marco Aurélio (atletismo), Daniele Longini (futebol), Lucas Mosela (natação), Katja Oliveira (tênis de mesa), Edwarda Oliveira Diaz ( vôlei sentado), Bruna Nascimento (vôlei sentado) e por fim, Tales Martins (atletismo). Até agosto deste ano, o CPB promoverá mais um evento para divulgar outras peças para os atletas do megaevento na capital francesa.

Brasil em Paris

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) espera convidar cerca de 250 atletas para os Jogos de Paris. A delegação brasileira garantiu a participação de 160 atletas. As modalidades garantidas são: atletismo, natação, vôlei sentado (masculino e feminino), goalball (masculino e feminino), futebol para cegos, ciclismo, hipismo, canoagem, remo, taekwondo, tiro, tiro com arco, bocha e tênis de mesa. Além disso, também confirmam o número de atletas sem deficiência, como goleiros, atletas de atletismo, corredores, pilotos e timoneiros. Por fim, a convocatória final deverá ser feita em três partes até julho.

+ SIGA OTD NO , TWITTER, , E FACEBOOK



Fonte