Alviverede apresentou suas escalações para as partidas que receberá o Rio Grande do Sul pela Libertadores

O Coritiba colocou suas estruturas à disposição do Grêmio para os jogos que o time gaúcho receberá pela fase de grupos da Copa Libertadores da América. Esta ação faz parte da solidariedade do Coxa contra a tragédia que assolou o Rio Grande do Sul. Dessa forma, o Tricolor poderá disputar partidas no Couto Pereira, além de treinar no CT da Graciosa.

A ligação partiu do presidente do Coritiba, Carlos Amodeo, que trabalhou no Grêmio entre 2017 e 2022. No momento os clubes conversam e a tendência é de resultado positivo. A previsão é que o Tricolor jogue no Couto Pereira nas partidas contra o The Strongest, dia 29, e o Estudiantes, dia 8 de junho. A CONMEBOL adiou as duas partidas devido às enchentes que assolam Porto Alegre desde o início de maio.

Nesta terça-feira (14), o Grêmio identificou Atibia, cidade do interior de São Paulo, como centro de recuperação de treinos. O clube utiliza o CT Bragantino para treinamentos e disputa suas partidas no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. No entanto, a escolha do local não agradou aos torcedores e é provável uma mudança para as instalações do Coritiba.

Calendário do Coritiba é facilitador

A diretoria do Grêmio também vê o calendário do Coritiba como um facilitador. Como o Alvivere disputa a Série B do Brasil, não será difícil organizar jogos no Couto Pereira, enquanto a Arena não poderá receber partidas.. Porém, o principal desejo do Tricolor Gaúcho é suspender o futebol brasileiro, o que não deve acontecer até o encontro dos clubes no dia 27 de maio.




Couto Pereira pode ser utilizado pelo Grêmio.

Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Banda B

Fonte