O Vasco está perto de contratar o técnico português Álvaro Pacheco, que deixou o Vitória de Guimarães.

16 de maio
2024
– 08:03

(atualizado às 8h03)




Foto: Esporte News Mundo

O Vasco intensificou as negociações com o técnico português Álvaro Pacheco, que já rescindiu contrato com o Vitória de Guimarães e não participou dos treinos desta quarta-feira (15). Segundo o presidente do clube europeu, Álvaro tinha contrato com o Vitória até junho de 2025 com o clube português e a sua rescisão foi a custo zero.

O técnico português deve assinar com o Vasco um contrato de um ano, com opção de prorrogação por mais uma temporada caso as metas sejam cumpridas. A equipe Cruz-Maltina foi comandada interinamente por Rafael Paiva. O técnico Sub-20 já disputou três partidas, registrando um empate, uma derrota e uma vitória. Ele seguirá treinando no CT Moacyr Barbosa até a chegada do português.

Funcionalidades do jogo:

Sobre as equipas de Álvaro Pacheco em campo, o jornalista Carlos Rodríguez, do Sportv de Portugal, descreveu o estilo de jogo como ousado e ofensivo numa reportagem publicada no GE. Durante a passagem pelo Vitória de Guimarães, o treinador utilizou uma formação de três defesas, alternando entre o 3-4-3 e o 3-5-2. Em Vizela e Estoril, a linha de quatro mais utilizada na defesa, em 4-3-3 e 4-2-3-1. Coincidentemente, esses são os quatro esquemas mais utilizados pelo Cruz-Maltino em 2024.

– Seus times costumam jogar um futebol corajoso. Conseguiu segurar o Vizela, mas com capacidade para criar problemas aos grandes candidatos ao título de Portugal. Estamos a falar de Benfica, Porto e Sporting, sobretudo, com um bom jogo colectivo – explicou Carlos.

Um possível ponto negativo é o número de golos sofridos pelas equipas de Álvaro Pacheco em Vizela e Estoril nos descontos. Contudo, o problema parece ter sido resolvido em Vitória de Guimarães.

— Tanto em Vizela como no Estoril houve uma sequência que inicialmente ficou com Álvaro Pacheco, que marcou golos muitas vezes no prolongamento. As pessoas questionam um pouco porque é que as suas equipas sofreram tantos pontos a partir dos 90 minutos, mas isso é algo que ele conseguiu mudar desde que chegou ao Vitória, acrescentou o comentador desportivo.

Os três últimos empregos de Álvaro Pacheco em sua carreira:

Vizela: 95 jogos (32 vitórias, 28 empates e 30 derrotas)

Estoril: 8 jogos (3 vitórias, 1 empate e 4 derrotas)

V. de Guimarães: 32 jogos (18 vitórias, 5 empates e 9 derrotas)

Utilizando os últimos treinadores do Vasco na era Saf:

Mauricio Barbieri (2023): 24 jogos, 9 vitórias, 4 empates e 11 derrotas. Uso: 43%.

Ramón Diaz (2023-2024): 41 jogos, 17 vitórias, 11 empates e 13 derrotas. Uso: 50%.

Fonte