Uma briga em campo após o jogo de sábado entre Toronto FC e NYCFC levou à recomendação de suspensões para muitos dos envolvidos, incluindo o técnico do Toronto FC, John Herdman, de acordo com várias fontes sobre a decisão do comitê disciplinar da MLS.

As seguintes desqualificações foram anunciadas a ambos os clubes:

A altercação em questão ocorreu após a vitória do NYCFC por 3 a 2 sobre o Toronto FC, no apito final, e contou com inúmeras altercações entre membros de ambas as equipes, incluindo alguns treinadores.

Várias suspensões de jogos podem ser objeto de recurso. Todas as suspensões estão relacionadas a um incidente ocorrido após o toque final do jogo de sábado. O escritório da liga não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

As suspensões podem entrar em vigor já na noite de quarta-feira, enquanto se aguarda a divulgação oficial da disciplina e quaisquer possíveis recursos. Ambas as equipes jogam na noite de quarta-feira; O TFC viajará para enfrentar Nashville e o NYCFC enfrentará o Philadelphia Union.

O processo disciplinar e as suspensões são separados de outra questão que surgiu após o jogo: a alegação de Herdman de que o técnico do NYCFC, Nick Cushing, deu um soco em um jogador do TFC no intervalo do jogo anterior em março (a alegação de Cushing é totalmente recusada). O jogador que ele parece estar acertando é Jahkile Marshall-Rutty. Atlético foi confirmado na segunda-feira.

VÁ MAIS FUNDO

Nick Cushing, do NYCFC, nega socar jogador de Toronto, assunto de ‘revisão’ da MLS

Herdman apoiou seus jogadores em uma entrevista coletiva na segunda-feira sobre as acusações, reiterando seu apoio e crença.

Imagens de vídeo do túnel foram enviadas à MLS em março, disseram os dois clubes, mas Toronto diz que as câmeras não cobriram o local onde o suposto incidente aconteceu. A MLS disse que está ciente da situação e está analisando o assunto.

(Foto: Mert Alper Dervis/Getty Images)



Fonte