Cannes, 15 de maio: Num passo histórico rumo à glória cinematográfica, a 77ª edição do prestigiado Festival de Cinema de Cannes contou pela primeira vez com a estimada participação de Jammu e Caxemira. Localizado no poderoso Pavilhão Bharat no Mercado de Cinema de Cannes (Marche du Film), o Festival de Jammu e Caxemira foi inaugurado por dignitários, incluindo Javed Ashraf, Embaixador da Índia na França e Sanjay Jaju, Secretário do Ministério da Informação e Radiodifusão. , Governo da India.

Representando a região culturalmente rica e visualmente atraente, Rehana Batul, Secretária de Informação, J&K e Jatin Kishore, Diretor de Informação e Relações Públicas, agraciaram o cenário global. O ator Rajpal Yadav também esteve presente. A sua presença não só mostrou o encanto cinematográfico de Jammu e Caxemira, mas também teve como objectivo atrair cineastas internacionais para explorarem a riqueza cénica da região para os seus empreendimentos cinematográficos. O Festival de Cinema de Cannes foi uma plataforma auspiciosa para revelar a recém-lançada J and K Film Policy 2024, que anuncia uma nova era para o cinema no Território da União. Cannes 2024: O Pavilhão de Israel sob a bandeira do “Envelope de Gaza” no Festival de Cinema de Cannes para destacar o trauma de 7 de outubro.

Com status favorável à indústria e processos simplificados, como licenças de janela única, Jammu e Caxemira agora convidam cineastas com incentivos lucrativos e assistência 24 horas por dia, prometendo uma experiência perfeita de filmagem em meio ao seu terreno pitoresco. O ressurgimento do cinema em Jammu e Caxemira, com mais de 300 filmes e documentários rodados nos últimos anos, é um símbolo de um renascimento cultural, dando nova vida ao cenário de entretenimento da região.

Este espírito cinematográfico revivido não só celebra a herança artística, mas também destaca o potencial inexplorado da produção cinematográfica no contexto tranquilo de JK. A presença do Pavilhão Jammu e Caxemira em Cannes serve como uma prova do compromisso da Índia em mostrar as suas proezas cinematográficas no cenário global. A foto gerada por IA de Priyanka Chopra em Cannes 2024 nos lembra o antigo visual de Aishwarya Rai Bachchan do festival de cinema!.

Com o Festival de Cinema de Cannes a decorrer nas próximas duas semanas, o foco crescente em Jammu e Caxemira reflecte a importância crescente do cinema da região no cenário internacional. Ao inaugurar o Pavilhão Bharat, Sanjay Jaju destacou o importante papel de plataformas como Cannes no reforço da cooperação internacional e no aumento da visibilidade do cinema indiano a nível mundial.

Estreia de Jammu e Caxemira no Festival de Cinema de Cannes:

O pavilhão é um farol de networking e promoção, promovendo o diálogo entre cineastas indianos e internacionais para promover a jornada cinematográfica do país. O aclamado realizador Richie Mehta ecoou estes sentimentos, reconhecendo o impacto transformador dos festivais de cinema na formação da sua carreira e saudou a presença crescente da Índia no panorama cinematográfico global.

Javid Ashraf enfatizou a importância multifacetada da presença global da Índia, especialmente no cinema, e enfatizou o seu papel na formação do discurso no sistema internacional em constante evolução. À medida que Jammu e Caxemira abraçam o seu destino cinematográfico no cenário global, o Festival de Cinema de Cannes testemunhará a vibrante tapeçaria de cultura, criatividade e encanto cinematográfico da região, prometendo um capítulo emocionante nos anais do cinema indiano.



Fonte