As autoridades holandesas multaram a desenvolvedora de Fortnite, Epic Games, em 1,1 milhão de euros na terça-feira, depois de concluir que crianças vulneráveis ​​foram exploradas e pressionadas na loja do jogo.

A Autoridade Holandesa para Consumidores e Mercados (ACM) aplicou à Epic Games duas multas separadas, totalizando US$ 1,2 milhão, após descobrir que jogadores menores de idade “poderiam ser pressionados a fazer compras de várias maneiras”.

LEIA TAMBÉM: Game Awards 2022: ‘God of War Ragnarok’ indicado em 10 categorias

A Epic Games protestou contra a decisão e propôs várias mudanças no jogo que, segundo a ACM, resolveriam suas preocupações.

“As descobertas… contêm sérios erros factuais na forma como Fortnite e a Loja de Itens funcionam”, disse a empresa.

ACM impôs a primeira penalidade para frases de jogo como “Adquira agora” ou “Compre agora”. Anúncios que solicitam diretamente às crianças que façam compras são “em todas as circunstâncias uma prática comercial agressiva”, afirmou a ACM.

Uma segunda penalidade foi imposta para cronômetros de contagem regressiva “enganosos” e “enganosos” que forçavam as crianças a fazer compras rapidamente porque acreditavam que o item desapareceria quando o relógio chegasse a zero – o que nem sempre acontecia.

“As fraquezas das crianças foram exploradas e, portanto, pressionadas a comprar”, disse Cateautje Hijmans van den Bergh, membro do conselho da ACM.

“Com esta decisão, estamos a enviar um sinal claro: as crianças devem poder jogar jogos online sem pressões indevidas”, disse ele.

Ordenou que a Epic Games cumprisse a ordem até 10 de junho de 2024.

LEIA TAMBÉM: World of Warcraft, outros jogos importantes para trazer de volta à China

A empresa de jogos já implementou várias mudanças, incluindo a remoção dos cronômetros de contagem regressiva da loja de itens em todo o mundo, disse ACM.

Para menores de 18 anos na Holanda, a empresa só oferece compras na Loja de Itens que ficam disponíveis por 48 horas ou mais.

“A ACM é da opinião que a Epic cumprirá a diretriz obrigatória se implementar as mudanças acima”, disse o comunicado, acrescentando que a revisão seria feita após 10 de junho.

No entanto, a Epic Games disse em comunicado que a mudança levaria a uma “má experiência para os jogadores”.

“Enquanto o nosso recurso estiver pendente, os jogadores na Holanda com menos de 18 anos não poderão ver ou comprar itens na loja por menos de 48 horas a partir de 24 de maio de 2024”, disse a empresa.

© Agência França Presse

Fonte