Anthony Gordon questionou o “ponto do VAR” depois que a decisão de não conceder um pênalti ao extremo do Newcastle United após um desafio contra Sofian Amrabat, do Manchester United, durante a derrota de quarta-feira na Premier League, não foi anulada.

Amrabat pareceu puxar e pegar Gordon com o calcanhar quando ele entrou na área no primeiro tempo da derrota do Newcastle por 3 a 2 em Old Trafford, antes de Casemiro intervir para receber a bola.

“Assisti de novo, é um pênalti claro”, disse Gordon à Sky Sports. “Não me importo se o árbitro errar em campo porque é uma decisão difícil, tudo acontece muito rápido, mas não entendo o que significa VAR.

“É para corrigir erros, ele desce no meu tendão de Aquiles e me empurra para trás, aí o Casemiro vem e pega a bola, mas antes são duas faltas.

“Eu soube imediatamente (era um sinal). Por isso não reclamei porque não me importo se o árbitro não der porque é rápido, mas vou esperar o VAR verificar. Você pode me ver dizendo aos meus companheiros: “não se preocupem, é um pênalti, é um pênalti claro”. Aí continuamos, não tenho meias e não entendo o significado, não entendo mesmo. “

OUTRO

Anthony Gordon questiona ‘ponto VAR’ após decisão de pênalti: ‘Ou se livra dele ou melhora’

Fonte