O Furação teve 80% de posse de bola, o dobro, mas marcou o pior e perdeu: 2 a 1. Mas segue na liderança do Grupo E do Sul-Americano.




Foto: Albari Rosa / AFP via Getty Images – Legenda: Atlético não consegue escapar da forte pressão do Danubio e perde em casa. Mas continua líder do Grupo E do Sula/Jogada10

Surpreendentemente, no Campeonato Sul-Americano, o melhor time do torneio, o Atlético PR, finalmente venceu o Danubio por 2 a 1, em casa, nesta quarta-feira (15/5), pela quinta rodada do Grupo E, para desespero de 22.926 que compareceram à Liga Arena, em Curitiba, visitou o Furação, apesar de ter muita posse de bola, 80%, viu os uruguaios vencerem. Os uruguaios Ignacio Pintos e Sebastian Fernandez marcaram os gols ainda no primeiro tempo. Di Iorio marcou contra o Furação na prorrogação da etapa final.

A derrota deixou o Atlético 100% ameaçado e a liderança do Grupo E. Assim, pode perder a posição do Sportivo Ameliano, do Paraguai, por dez pontos. O Danubio ainda tem chances de terminar em segundo e disputar os playoffs contra o terceiro colocado vindo da Libertadores. Afinal, saltou para sete pontos. Na última rodada, dia 30, o Furacão recebe o Ameliano. Danubio joga em casa contra o Rayo Giuliano (zero pontos).

O Atlético não faz isso. Mas é preciso

Tecnicamente muito superiores, os atacantes Pablo e Mastriani formaram pela primeira vez a dupla titular de ataque e, apropriadamente, o Atlético dominou o primeiro tempo. Criou boas jogadas pelas laterais e teve boas oportunidades nos primeiros 25 minutos. Mastriani e Eric obrigaram o goleiro Goikocheya a fazer boas defesas. E Pablo, na pequena área, separou a melhor oportunidade. Porém, aos 28, no primeiro ataque iniciado pelo Danubio, ele marcou. Ancheta cruzou da direita e Ignacio Pintos cabeceou para Cuello e fez 1 a 0 para os paraguaios.

Furação continuou na frente, mas não marcou: Mastriani iniciou excelente defesa de Goicochea. Na verdade, se não acertou na frente, Furacão falhou na defesa. Aos 42, o chute que saiu da defesa foi fácil de cortar. Mas Kaike Rocha perdeu tempo e cobriu a bola. Sebastien Fernandez aproveitou e ultrapassou Bento na primeira posição. Danubio 2 a 0. Mas antes da arbitragem encerrar o primeiro tempo, Zapelli sofreu mais um gol para Furação. E a torcida foi para o intervalo com 80% de posse de bola e mais que o dobro de bola (10 a 4) com placar de 2 a 0.

A tempestade diminui apenas no final

No segundo tempo, Kuka foi ousado, cortando zagueiros, somando atacantes e mantendo o time na liderança o tempo todo. E, se no primeiro tempo a seleção uruguaia ainda tentou algo na frente. Fechado na fase final. Mesmo em jogo de ataque x defesa, o Atlético só conseguiu finalizar aos 49 minutos, em uma chuva de arremessos dominados por Di Iorio, e colocar no fundo das redes. Mas não houve chance de empate.

ATLETICO 1X2 DANUBIO-URU

Copa Sul-Americana 2024 – Quinta rodada – Grupo E

Informação: 15/5/2024

local: Liga Arena, Curitiba (PR)

público: 22.926

Renda: R$ 629.590,00

Atlético: Benedito; Leo Godoy (Alex Santana, Intervalo), Caique Rocha, Gamarra (Cristian, 13’/2º) e Esquivel; Fernandinho, Eric, Zapelli (Canobbio, Intervalo) e Cuello (Julimar, 13’/2º); Pablo (Di Yorio, 20’/2 Q) e Mastriani. Técnico: Kuka

DUNA: Goikoheya; Ancheta, Matthias Gonzalez (Ferreira, Fosila), Etchebarn e Fraccia; Santiago Romero, Ignacio Pintos (Vell, 40’/2oT), Peralta (Sosa, 35’/2oT), Sebastian Fernandez e Lowes (Sylvester, 26’/2oT); Tizon (Lewis, 26’/2oT). Técnico: Alexandre Apud

Objetivos: Inácio Pintos, 28’/1oT (0-1); Sebastián Fernández, 42’/1 (0-2). Di Iorio, 49’/2oT (1-2)

Juiz: Carlos Ortega (COL)

Ajudantes: David Fuentes (COL) e Javier Patinho (COL)

ERA: Susana Corella (ECU)

Cartões amarelos: Mastriani, Dodge, Canobbio (ATH); Matias Gonzalez, Goicochea, Tizon (DAN).

Siga Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram d Facebook.



Fonte