O Serviço de Polícia do Gana (GPS) alertou o público contra violações da lei nos centros de recenseamento eleitoral durante o exercício limitado de recenseamento eleitoral.

Afirmou que a polícia não tolerará qualquer violação da lei e que qualquer pessoa que violar a lei durante as eleições enfrentará as consequências apropriadas.

A GPS expressou preocupação com violações isoladas em alguns centros de recenseamento eleitoral.

Numa declaração emitida e assinada pela Comissária Adjunta da Polícia (ACP) Grace Ansah-Akrofi, Diretora de Relações Públicas, o público é aconselhado a cumprir as regras que regem o exercício de votação limitada em curso.

Dizia: “Gostaríamos de alertar o público para exercer a máxima contenção e seguir as leis que regem o processo de registro”.

A polícia condenou os incidentes ocorridos em alguns centros de registo, incluindo Cape Coast, Região Central, Kukuom, Região de Ahafo e Adugyama, Região de Ashanti.

O comunicado afirma que a polícia prendeu várias pessoas e a investigação está em andamento.

A polícia lembrou às pessoas que o registo é uma responsabilidade cívica que deve ser tratada de forma pacífica.

Fonte