A banda de rock clássico australiana AC/DC tem apenas um som. Como ato musical, é realmente a coisa mais difícil de fazer. Ser uma daquelas bandas que quando uma de suas músicas toca, as pessoas simplesmente sabem quem é e quem você é. A banda é reconhecida por seus vocais estridentes e guitarras barulhentas, e isso significa dinheiro no banco.

Por décadas, a banda vem agitando os palcos e inspirando o público. Mas ao longo do caminho, eles escreveram canções que viverão para sempre. Aqui, queríamos mergulhar nesse trio de músicas. Na verdade, essas são três músicas atemporais do AC/DC.

[RELATED: The 6 Best Classic Rock Songs About…Rock]

“De volta ao preto” de De volta ao preto (1980)

Lançada no álbum de mesmo nome de 1980, esta música apresenta a guitarra hard rock característica da banda, vocais corajosos e refrão cativante. Também apresentava um novo vocalista na época, Brian Johnson. Escrita como uma homenagem ao vocalista anterior da banda, Bon Scott, que morreu repentinamente naquele mesmo ano, a música simplesmente chora. Nele, Johnson canta entre grandes riffs,

De volta para trás
De um Cadillac
Número um com uma bala, sou um poderoso
Sim, estou me divertindo muito
Com um grupo
Eles têm que me pegar se quiserem me enforcar
Porque estou de volta aos trilhos
E eu bati
Ninguém vai mais me levar para fazer rap
Então olhe para mim agora
Estou apenas jogando meu jogo
Não tente abusar da sorte, apenas saia do meu caminho

“Rodovia para o Inferno” de estrada para o inferno (1979)

Do álbum de mesmo nome de 1979, essa música pega os sons característicos da banda e os adiciona a uma música sobre o lado negro do rock. Grandes batidas de bateria encontram grandes riffs de rock com vocais leves e Bon Scott canta como uma potência na música.

Estou na estrada para o inferno
Na estrada para o inferno
estrada para o inferno
Estou na estrada para o inferno

Sem sinais de parada
Limite de velocidade
Ninguém me atrasa
Como uma roda
Eu vou devolvê-lo
Ninguém me incomoda por perto
oh diabo
Pagando minhas dívidas
Tocando em uma banda de rock
ah mãe
Olhe para mim
Eu estou indo para a terra prometida

“Você me arrasou a noite toda”, de De volta ao preto (1980)

Essa música também vem do LP de 1980 De volta ao preto, talvez o maior sucesso comercial do grupo, é a oferta mais popular. Uma música de rock clássico sobre bons momentos, alegria sexual e um refrão que faz toda a sala cantar junto. Na estrada, Johnson soa como uma rocha elétrica, sugerindo,

Era um carro rápido, mantinha o motor limpo
Ela era a melhor mulher que eu já vi
Ele tinha olhos cegos, ele não mentiria para mim
Me nocauteou com aquelas coxas americanas

Pegando mais do que sua parte, ela me deixou com falta de ar
Ela me disse para vir, mas eu já estava lá
‘Porque as paredes estavam tremendo, a Terra estava tremendo
Minha mente estava doendo e estávamos conseguindo

E você me balançou a noite toda
Sim, você me abalou a noite toda

Quando você faz uma compra por meio de links em nosso site, podemos ganhar uma comissão de afiliado.

Foto de Kevin Mazur/Getty Images

Fonte