Na tarde desta quinta-feiira(24), uma equipe de investigadores da Seção de Investigações Gerais da Delegacia de Naviraí realizava campanha numa boca de fumo localizada no bairro Vila Nova quando em dado momento a visualizou que um adolescente saiu e logo retornou para a residência.

Em ato contínuo um dos investigadores foi até o portão, que é de grade, onde conseguiu visualizar dentro do quintal uma vasilha de plástico transparente a qual continha diversas pedras de substância análoga a crack. Ao perceber a presença policial os suspeitos que estavam no quintal da residência tentaram se evadir do local, sendo que o adolescente correu para dentro da residência tentando esconder o entorpecente, outro suspeito foi localizado no interior da residência foi abordado. Já o terceiro suspeito conseguiu pular o muro e se evadir do local.

Foram abordados um adolescente de 16 anos e outro indivíduo de 41 anos, o qual já tinha passagens pelo crime de tráfico de drogas. O terceiro suspeito, o qual conseguiu pular o muro e se evadir do local, foi reconhecido pelos investigadores como sendo um indivíduo de 24, o qual cumpria pena em regime semiaberto na cidade de Campo Grande.

Dada a situação de flagrante os investigadores iniciaram as buscas no local vindo a localizar, na sala da residência, o frasco transparente anteriormente visualizado pela equipe. Dentro dele continha 108 pedras de substância análoga a crack, que em pesagem totalizou 24,8 gramas, as quais em venda final resultaria em R$ 1080,00 (um mil e oitenta reais). Também na sala da residência foi localizado um vasilha a qual em seu interior continha 23 munições calibre .380 intactas, e um carregador de pistola.

Em um dos quartos foi localizado outro frasco transparente com 18 (dezoito) porções de substância análoga a cocaína que em pesagem totalizou 5,7 gramas e outra porção maior que em pesagem totalizou 2,7 gramas, as quais em venda final resultaria aproximadamente R$ 600,00. Na sala também foi localizada uma carteira a qual continha R$ 202,00 em notas de grande e pequeno valor, a qual o indivíduo de 41 anos afirmou ser sua, e também que o dinheiro seria seu. Na sala também foi localizada uma porção de substância análoga maconha, que em pesagem totalizou 10,9 gramas.

Os policiais encontraram ainda dois aparelhos celular.

Diante dos fatos os objetos arrecadados no local e os conduzidos foram encaminhados até esta delegacia de polícia para que os procedimentos de praxe fossem tomados.
Publicado por: Carlos Eduardo Orácio