A atriz e roteirista Fernanda Torres e o diretor Andrucha Waddington formam um casal com intensa produção. “O Juízo” é mais um fruto desta parceria. O filme brasileiro de suspense/terror feito literalmente em família. O roteiro é assinado por ela, a direção é dele. No elenco, Fernanda Montenegro e Joaquim Torres Waddington (mãe da artista e filho do casal), além do grande amigo da família, Lima Duarte (Costa Breves), Felipe Camargo (Augusto), Carol Castro (como Tereza), Fernando Eiras (Dr. Lauro), Criolo (Couraça) e Kênia Bárbara (Ana).

Mesmo sendo quase todos aclamados (com exceção dos adolescentes Joaquim e Kênia que estão iniciando na carreira), o filme cumpre tabela, mas não se segura pelo lugar comum do roteiro. Parece um “patchwork” de sucessos estrangeiros aclamados do gênero suspense/terror.

E em todos os detalhes o gênero é marcado como as câmeras trêmulas e o “close” muito  fechado nas figuras mais sombrias, chegando a causar náusea, apenas aliviada pela força e luz das personagens interpretações por Carol e Fernanda.

“O Juízo” é um acerto de contas que atravessa três gerações. Augusto Menezes (Felipe Camargo)  muda com a esposa, Tereza (Carol Castro), e o filho, Marinho (Joaquim Torres) , para uma fazenda abandonada, herança de seu avô, com a esperança de se livrar do alcoolismo. No entanto, Augusto se depara com outros interesses no local e acaba envolvendo sua família em uma trama sobrenatural.

Fernanda Montenegro (Marta) contracena com seu neto Joaquim (Martinho) e o ator Fernando Eiras (Dr. Lauro). Foto: Suzanna Tierie/Divulgação Globo Filmes

Como a história é brasileira, diferente de filmes norte-americanos com sinopses semelhantes, “O Juízo” muito levemente explica o que está acontecendo com base no espiritismo. Passa bem quem tem repertório sobre a visão da mediunidade espírita para compreender o elo que o filme traz entre o personagem perturbado (Augusto) com encarnados e desencarnados. Já quem nada conhece sobre o assunto pode interpretar de forma bastante equivocada. Com o lançamento do filme, dia 05 de dezembro, as polêmicas sobre os cinéfilos destes dois times devem aflorar.

Se quiser conferir um pouquinho da trama confira o trailer e decida você mesmo se vale a pena.

Compartilhe: