20.3 C
Brasil
Início Bastidores da TV Após ataques, Globo proíbe repórteres ao vivo em locais públicos

Após ataques, Globo proíbe repórteres ao vivo em locais públicos

A Globo proibiu seus repórteres de fazerem entradas ao vivo na TV de locais abertos. A decisão se deu após vários incidentes envolvendo seus jornalistas e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Nas últimas semanas, esses apoiadores têm ‘invadido’ os links ao vivo em telejornais com palavras de ordem contra a emissora.

A medida está em vigor em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília desde a última segunda-feira (20). Assim, links só têm sido realizados em locais de acesso restrito, como salas, jardins e estacionamentos ou áreas de prédios controladas por seguranças.

Em casos específicos, quando a entrada em local público é imprescindível para a narrativa, só são permitidos com a presença de seguranças, que têm de ser solicitados com pelo menos três horas de antecedência, para dar tempo de montar uma equipe.

A cúpula do Jornalismo da Globo também proibiu expressamente seus repórteres e produtores de entrarem em hospitais, delegacias e cemitérios. Isso tem empobrecido o trabalho do jornalista, que muitas vezes não tem o que mostrar ou precisa recorrer a terceiros para obter imagens, feitas com celulares, de corredores de hospitais, por exemplo.

Em São Paulo, a maioria das entradas ao vivo de repórteres têm acontecido diretamente do saguão do edifício da própria emissora, no Brooklin, na zona sul. No “Jornal Hoje” da última sexta-feira, dia 24, por exemplo, o repórter Guilherme Peixoto fez uma passagem de uma reportagem sobre coronavírus no estúdio do “Bom Dia Brasil”, no Rio de Janeiro.

O perfil @vireijornalista no Instagram selecionou alguns dos ataques sofridos por jornalistas das Globo nas últimas semanas, como mostra o vídeo abaixo.

View this post on Instagram

A difícil missão de ser jornalista no Brasil.

A post shared by Virei Jornalista (@vireijornalista) on

Lamentavelmente, essa onda de ataques é consequência de um governo que não respeita a imprensa e desconhece a importante dela para a sociedade, ferindo, inclusive, um princípio básico da Constituição Federal. Os ataques direitos de Jair Bolsonaro aos meios de comunicação em suas declarações públicas acabam por encorajar apoiadores a seguir na mesma linha e se sentirem legitimados a ‘partir para cima’ de jornalistas.

Com informações do site Notícias da TV.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Globo exibe filme ‘Rastros da Violência’ no ‘Corujão’ desta segunda (25).

No “Corujão” desta segunda-feira (25), a Globo exibe o filme americano de drama criminal “Rastros da Violência". O longe-metragem acontece...

‘Conversa com Bial’ entrevista Daniel Filho nesta segunda (25)

O ator e diretor Daniel Filho é o convidado do "Conversa com Bial" desta segunda-feira (25). Por conta da pandemia de coronavírus,...

Globo exibe filme ‘Piratas do Caribe’ na ‘Tela Quente’ desta segunda (25)

Na "Tela Quente" desta segunda-feira (25), a Globo exibe o filme americano de aventura "Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar".

Globo exibe filme ‘X-Men: Primeira Classe’ na ‘Sessão da Tarde’ desta segunda (25)

Na "Sessão da Tarde" desta segunda-feira (25), a Globo exibe o filme americano e inglês "X-Men: Primeira Classe". O...

ESTAMOS NO FACEBOOK

AGENDA DA TV

Record estuda voltar com novelas em maio

Nos bastidores da Record TV, já comenta-se uma possível data para que sejam retomadas as gravações de suas novelas. Segundo o jornalista...

‘BBB20’ é o mais buscado no Google, cinco vezes mais que edições entre 2004 e 2019

O sucesso da temporada 2020 do "Big Brother Brasil" é incontestável. Segundo o jornal "O Globo", a edição deste ano, antes de...

“Cidade Alerta” ganha 2º edição aos sábados na Record

A Record TV anunciou alguns ajustes em sua grade de programação que já passam a valer a partir deste sábado (25). O...

Após elenco ficar preso no Marrocos, Record freta voo para resgatá-los

A Record TV fretou um avião para trazer de volta Brasil sua equipe que estava em Ouarzazate, no sul do Marrocos. Eles...

William Waack é afastado da CNN e substituído por Daniel Adjuto

O jornalista William Waack foi afastado da CNN Brasil por conta da pandemia de coronavírus. A decisão é uma medida cautelar, já...
Compartilhe: