A transferência de Douglas Luiz do Aston Villa para a Juventus envolverá um milhão de dólares e beneficiará o Vasco, clube formador do atleta.

11 de junho
2024
– 19:06

(atualizado às 19h06)




Douglas Luiz vai fortalecer a Juventus na próxima temporada

Foto: Rafael Ribeiro/CBF/Esporte News Mundo

O meio-campista Douglas Luiz está muito próximo de se tornar um novo jogador da Juventus. A seleção italiana chegou a acordo com o Aston Villa, atual clube brasileiro, para contratá-lo. Segundo o jornalista Fabrizio Romano, especialista em mercado de transferências, a Juventus pagará 20 milhões de euros (115 milhões de dólares) pelo meio-campista, além de abrir mão de dois jogadores nas negociações: Samuel Ealing Jr.

Essa transferência, por sua vez, do Vasco, que tem direito a um percentual do atleta, é conhecida como mecanismo de solidariedade, já que era o clube formador de Douglas Luiz. Portanto, segundo pesquisa exclusiva da ENM, o Cruzmaltino deverá embolsar cerca de 2,6 milhões de rupias, o que corresponde a 2,25% da negociação dos clubes.

Revelado em São Januário, Douglas Luiz se destacou pelo Aston Villa na temporada passada. O meio-campista marcou 10 gols e 10 assistências em 53 jogos pela Inglaterra na temporada 2023/24. Após uma boa temporada, o meio-campista foi convocado por Dorival Junior para a Copa América e sua transferência foi apreciada. Segundo o site Transfermarkt, Douglas está avaliado em 70 milhões de euros.

Agora, se as negociações forem concluídas, Douglas Luiz enfrentará um grande problema com a Juventus. O clube italiano, que passou a última temporada sem suspensão em nenhuma competição continental, passa por um período de reestruturação e prometeu atuar no mercado de transferências para disputar a Liga dos Campeões na próxima temporada.

A equipe conta com um técnico ítalo-brasileiro, Thiago Motta, que inclusive confirmou a chegada de Douglas Luiz à Velha Senhora. A Juventus será o quinto time da carreira do meio-campista de 26 anos, que passou por Vasco, Manchester City (sem jogar), Girona e Aston Villa.

Fonte