A terceira audiência pública será a última antes de uma segunda votação na Câmara Municipal sobre o rezoneamento do Morro Histórico




Foto: Leandro Amorim/Vasco – Legenda: Vasco dá novos passos importantes para a renovação do São Januário / Jogada10

Na terça-feira, às 19h, no estádio do Vasco, será realizada a terceira reunião pública sobre o potencial construtivo da reforma do São Januário. Portanto, esta é a última etapa antes da votação do projeto na segunda audiência na Câmara dos Conselhos. O PL avança significativamente e a meta do presidente Pedrinho é aprová-lo ainda no primeiro semestre, antes do recesso parlamentar.

Ressalte-se que na Câmara, na primeira votação na Câmara, os deputados aprovaram o PL por unanimidade. Em audiência na Barra da Tijuca, área com potencial para construção, os moradores concordaram em receber uma taxa pela construção do estádio do Vasco.

Esta terceira audiência contará com a presença de moradores da Barreira do Vasco e de empresários locais, que terão de mostrar às autoridades a importância da renovação do complexo também para o comércio local. Além deles, o prefeito Eduardo Paes poderá participar da discussão e o presidente Pedrinho convidou os torcedores.

Nas discussões nas audiências públicas, o poder público fez reformas e promessas aos moradores da Barra da Tijuca, área que receberá o terreno. A Câmara prometeu recursos para obras móveis para solucionar possíveis problemas de trânsito que afetam diretamente o local da requalificação.

Lembre-se dos próximos passos

Com a presença de Vania Rodríguez, presidente da Associação de Moradores da Barreira do Vasco, o primeiro julgamento realizado na Barra da Tijuca foi um passo importante para a reforma. Afinal, ele fez questão de relembrar a história do clube, principalmente dos Camisas Pretas.

A reunião de terça-feira ocorre entre duas votações esperadas na Câmara Municipal antes da sanção do prefeito. Primeiro, na última quinta-feira (6), foi aprovada a lei de transferência de capacidade construtiva de São Januário Recebeu 100% dos votos positivos e foi aprovado na primeira audiência.

Mas a data da segunda e última votação ainda não foi definida. Mas a tendência é que aconteça em junho, já que o recesso municipal começa no dia 1º de julho. Se aprovado, será aprovado ou vetado pelo prefeito Eduardo Páez.

Por fim, o plano de renovação baseia-se naquele desenvolvido pela WTorre na época do ex-presidente Alexander Campello e executado pelo arquiteto Sergio Diaz. O objetivo da reforma é aumentar a capacidade do Morro da Colina para aproximadamente 48 mil torcedores. O foco está na conclusão em 2027, ano do centenário do estádio.

Siga Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram d Facebook.



Fonte