Depois que a camisa do time paulista virou febre na Coreia do Sul, o clube apostou em uma nova conexão com o gênero musical.

11 de junho
2024
– 16:00

(atualizado às 16h)

O Guarani anunciou uma linha alternativa de uniformes na tarde desta terça-feira, 11 de junho, para comemorar a ocasião. Dia dos Namorados. Com versões verde e branca, as camisetas são inspiradas na letra inusitada: K-popum gênero musical popular sul-coreano.

Mas, no final das contas, a seleção paulista, campeã do Brasil em 1978, tem em comum a música que domina as paradas com bandas. BTS, BLACKPINK d Dezessete? Há alguns anos, a resposta teria sido “nada”.

Porém, nos últimos meses, o clube se tornou um ícone da moda sul-coreana e viu seu uniforme verde e branco virar tendência entre integrantes de grupos populares, influenciadores digitais e cidadãos comuns do país. Coreia do Sul.

Em outubro de 2023, o japonês Hanabashi Ryo, integrante do grupo japonês Niziu, postou nas redes sociais uma foto vestindo uma réplica de camisa de guaraná de 1996, ano em que o grupo fez uma turnê pelo Japão.

Os comandados de Bugrino perderam por 2 a 1 para Verdi Kawasaki e depois por 3 a 1 para o Kashima Antlers, mas os kits foram o destaque dos jogos. A produção da Dellerba, marca de artigos esportivos com sede em São Paulo que dominou o futebol brasileiro no passado, conquistou fãs no Brasil e na Ásia.

Quase 30 anos depois, os modelos Guarani, da marca Dellerba, são vendidos em sites e programas de moda na Coreia do Sul. O escudo e o patrocínio permanecem de época, mas com pequenas alterações, o principal é a cor e o tecido do produto. Modelos rosa, azul e preto – algo inesperado, já que é utilizado pela rival Ponte Preta. Os modelos possuem corte moderno e descontraído, assim como os modelos da década de 1990.

No início de 2024, mais dois casos curiosos. O cantor Gael, do grupo sul-coreano IVE, postou uma foto vestindo a camisa não oficial do time. Em seguida, sua compatriota IU, que é artista solo, vestiu uma camisa com escudo guarani estampado no peito em Milão, na Itália.

“Decidimos pegar essa ideia e ampliar essa conexão com a Ásia. Planejamos lançar essa coleção porque ela tem gerado uma resposta positiva dos fãs de Bugrinos. artistas estão tendo ao redor do mundo”, disse André Marconato, presidente do Guarani.

Novas roupas

A nova linha traz dois modelos femininos em versão cropped, disponível nas cores verde e branco, e versão unissex de manga longa na cor verde. O estilo retrô é inspirado nas camisas dos ídolos asiáticos. Em tecido Dry Sport Fenix, todas possuem decote em V e listras que vão das laterais até as mangas. A camisa já pode ser adquirida no site do clube e vem em dois preços: R$ 169,90 (Cropped) e R$ 189,90 (Manga Longa).

Fonte