Após rescindir o contrato com a Kappa, atual fornecedora de equipamentos esportivos, o Vasco busca uma nova empresa no mercado. A Puma chegou a negociar com o Cruzmaltino, mas com a troca de comando e a demissão dos dirigentes da SAF do Vasco, as negociações esfriaram.

11 de junho
2024
– 07:06

(atualizado às 7h06)




Nova camisa do Vasco.

Foto: Alessandra Lima Movido por / Esporte News Mundo

Após encerrar contrato com a Kappa, fornecedora de equipamentos esportivos, o Vasco busca uma nova empresa no mercado. O contrato com a marca italiana, assinado em 2020, expira em dezembro deste ano. Para a diretoria do clube, o custo de R$ 600 mil por ano está aquém do ideal e por isso é preciso buscar novas parcerias. Após conversas com a Puma, as negociações esfriaram com a troca de comando e a demissão dos dirigentes do Vasco SAF.

Segundo o jornalista Tebaro Schmidt, os valores fornecidos pela empresa alemã serão de 24 milhões de rúpias por ano, incluindo taxas fixas e adicionais. Porém, com o decreto que afastou 777 Sócios da gestão do futebol Cruz Maltino, no dia 15 de maio, as negociações pararam. Após a alteração do decreto e a chegada de novos interessados, a agenda teve que ser renegociada e agora a Puma se retirou das negociações.

Sem diretor comercial após a saída de Caetano Marcelino, em novembro de 2023, a SAF ficará sem definição de quem comandará a divisão. Lucio Barbosa, então presidente do clube, foi quem negociou com potenciais patrocinadores. Com ele fora, a tendência é que o presidente Pedrinho e sua diretoria reconsiderem ofertas anteriores e busquem negócios mais lucrativos para o Vasco.

Recentemente, o Gigante da Colina firmou parceria com a casa de apostas Betfair como principal patrocinador para receber 115 milhões de rúpias em um ano e meio, valor recorde para o time. Devido ao grande valor recebido, a diretoria entende que o potencial passivo para a Puma é maior do que o cabível com a camisa Kruzmaltina. O fornecedor não abandonou a concorrência, mas deverá esperar mais concorrência à medida que o negócio prossegue.

Na próxima quinta-feira (13), o Vasco volta a campo pelo Campeonato Brasileiro contra o Palmeiras. As equipes se enfrentam às 21h30, no Allianz Parque. Em sete jogos, o time carioca conquistou apenas seis pontos, com duas vitórias e cinco derrotas. Este confronto será apenas o segundo jogo do técnico Álvaro Pacheco no comando do Cruz Maltino.

Fonte