Fantástico de 30/08/15, domingo, falou sobre corrupção, música e muito mais

Publicidade:
Tadeu Schmidt e Poliana Abritta comandam o Fantástico (Foto: Internet)

O Fantástico do dia 30 de agosto de 2015, domingo, mergulhou nas pessoas adolescentes com  síndrome de Down, falando sobre coisas comuns dessa fase da vida, como por exemplo as paqueras, baladas, namoros e, às vezes, as desilusões do coração.

O Repórter Secreto mostrou prefeitos que inventavam viagens desnecessárias só para embolsar o dinheiro da diária, como por exemplo um que levou quase R$ 500 mil e o que usou dinheiro público até para comprar uma espada de samurai.

O Fantástico destacou os bastidores de um grande esquema para vender ilegalmente madeira da Amazônia. A quadrilha tinha cúmplices em órgãos do Governo Federal e coagia trabalhadores a desmatar áreas proibidas.

O programa falou sobre a recomendação oficial do Estados Unidos, que determinou que as aulas da manhã comecem um pouco mais tarde, para melhorar o desempenho dos alunos.

O Fantástico mostrou que corrupção vai muito além do que muita gente pensa. Um grupo de jovens que está participando de um concurso nacional de redação fala sobre furar fila, estacionar em local proibido e falsificar carteira de estudante, delitos que mostram que a corrupção está perto de todos.

O programa mergulhou no universo da nova novela da Globo, A Regra do Jogo, e conversa com o elenco e com o autor, João Emanuel Caneiro, o mesmo que escreveu Avenida Brasil. Ele contou que seu novo folhetim terá uma surpresa atrás da outra.

No quadro ‘Você só tem uma chance’, o programa mostrou o que fazer para escapar de um cachorro bravo.

E teve ainda Fernando e Sorocaba na capital do country e o retorno de Netinho aos palcos.

Na Globo, exibição do Fantástico aconteceu a partir de 21h na Globo.

CLICANDO AQUI VOCÊ PODE ASSISTIR O FANTÁSTICO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

'
Close