Carro da Record é atingido por tiros em favela do Rio

Publicidade:

De acordo com o G1 Rio e o Portal Comunique-se, jornalistas da Record passaram por maus bocados na quinta feira, 10 de setembro, quando faziam reportagens no Morro do Juramento. Isto porque, o carro de reportagem que três funcionários da emissora estavam foi atingido por tiros, mais precisamente no vidro dianteiro do veículo.

No entanto, segundo o delegado Felipe Curi, do 27º Departamento de Polícia do Rio de Janeiro, o carro da Record subiu o morro sem autorização dos policiais e atrás de um carro blindado da PM. Apesar de ninguém ter se ferido, o veículo da emissora passou por uma breve perícia e logo em seguida foi liberado.

O apresentador do “Balanço Geral RJ”, Ernani Alves, era um dos ocupantes do carro, que foi para a comunidade em razão de uma operação da polícia militar para represar o tráfico de drogas. No entanto, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, divulgou uma nota dizendo o seguinte: “A intimidação a jornalistas é uma afronta ao direito fundamental de acesso a informações e prejudicial a toda a sociedade. A Associação solicita às autoridades de segurança pública agilidade na apuração do atentado”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

'
Close