Babilônia: A novela que poderia ter sido e não foi

Publicidade:
Logo da novela “Babilônia”. (Fonte: Internet/Reprodução)

Babilônia é a décima novela de Gilberto Braga, um autor que colecionou sucessos, e escreveu em conjunto com Aguinaldo Silva e Leonor Bassères escreveu aquela que pode ter sido a melhor novela já produzida em 50 anos, ‘Vale Tudo’, em que tudo deu certo. Mas o que Vale Tudo tem a ver com Babilônia?

Você iria dizer que nada certo? Mas e se eu disser que a mocinha de Babilônia não se chamar Regina não é uma coincidência, assim como uma das vilãs se chamar Beatriz também não é uma coincidência. Regina foi batizada em homenagem a Regina Duarte que era a protagonista Raquel de Vale Tudo, e Beatriz foi batizada a Beatriz Segall que era a vilã da mesma novela.

O mais engraçado é que Vale Tudo e Babilônia são os opostos do autor, a primeira é considerada a melhor novela de todas, já Babilônia é considerada a pior novela de todas do autor. Mas por que Babilônia deu tão errado? Houve um boicote? O conservadorismo se assustou com o beijo gay entre as personagens de Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg?

Existem várias teorias sobre o fracasso da atual novela das nove, e muitas envolvem o boicote contra as lesbicas, sinceramente não sei se houve um boicote, sei que o problema da novela é o fraco roteiro. Os diálogos são excelentes, mas não existe uma mesma atmosfera, muitos núcleos são parecem que fazem parte da mesma história, inclusive até na iluminação; o núcleo de Aderbal Pimenta (Marcos Palmeira) é totalmente colorido, algo que não ocorre com o restante da trama, que predomina uma iluminação mais escura.

São tantos erros que não vou enumerar, mas o que salva é o grande elenco, que mesmo com tantos problemas do percurso, de perder quase dois meses de duração, de roteiros serem reescritos com atores sendo obrigados a utilizar pontos eletrônicos, de personagens mudarem drasticamente, não abandonaram o barco.

Babilônia poderia ser uma grande novela, afinal o elenco estrelar, uma direção competente e autores experientes não poderia dar errado certo? Não. Deu muito errado. Mas fracassos são bons para refletir, ver o que deu errado, e o que pode melhorar, e não atacar os paulistas pelo fracasso da novela. Quem sabe Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga surpreendem com uma trama oposta a Babilônia? Tudo é possível…

As opiniões aqui retratadas não refletem necessariamente a posição do Registro POP, e são de TOTAL responsabilidade de seu idealizador.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

'
Close